segunda-feira, 19 de agosto de 2013

MARAGUÁS NO CENARIO DA LITERATURA NACIONAL

OS ESCRITORES INDÍGENAS MARAGUÁS da esquerda para a direita: Elias Yaguakãg, Roni Wasiry Guará e Yaguarê Yamã. Durante o lançamento do livro "PEQUENAS GUERREIRAS" FTD, de Yaguarê Yamã, no Salao do Livro Infanto Juvenil, no Rio de Janeiro.2013




                
                              MARAGUÁS NO CENÁRIO DA LITERATURA NACIONAL

Ja não é de hoje que a LITERATURA INDÍGENA ganha destaque no cenario nacional. Desde a chegada do nome de Daniel Mundurku no mercado editorial que essa tão combatida literatura vem ganhando espaço e concretizando o que há de melhor na relação POVO INDÍGENA E POVO BRASILEIRO.
Trazendo consigo o fim dos estereótipos a muitos usado por escritores sem compromisso com a verdadeira identidade indígena, essa literatura vem cada vez mais conquistando espaço com os próprios escritores indigenas.
Entre esses escritores que acabam de destacar nesse novo cenario da literatura estão cinco escritores indígenas do povo maraguá, um povo cujo territorio, ainda em litigio com madeireiros e invasores de terra. São Eles: Yaguarê Yamã, 
                          Roni Wasiry Guará, 
                          Elias Yaguakãg, 
                          Uziel Guaynê 
                          Lia Minapoty.
As atividades exercitadas por esses escritores coloca o povo maraguá em evidencia e amplia informações a seu respeito como uma forma de divulga-lo na grande midia. Está ai s conquistas alcançadas por suas lideranças em tão pouco tempo.
Uma mostra de organização e atuação do movimento indigena aliado a essa NOVA LITERATURA INDIGENA NACIONAL.

 

2 comentários:

  1. Queridos, sou mestranda da UFGD e estou estudando um de seus livros. Como posso entrar em contato com você?

    ResponderExcluir